quarta-feira, setembro 06, 2006

Datafolha: Lula volta a subir e atinge 51% da preferência do eleitorado

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva, candidato à reeleição pelo PT, voltou a subir na preferência do eleitorado, mesmo com toda a campanha difamatória promovida pelos adversários desde o início da semana passada.

Pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira (5) pelo Jornal Nacional, da TV Globo, mostra Lula com 51% das intenções de voto (tinha 50% no levantamento anterior). Geraldo Alckmin (PSDB), o segundo colocado, estacionou nos 27%. Já Heloísa Helena (Psol) caiu de 10% para 9%.

Cristóvam Buarque (PDT) e Ana Maria Rangel (PRP) aparecem com 1% cada. Os demais não pontuaram. Brancos e nulos somam 4%, enquanto os indecisos são 6%. Considerando-se apenas os votos válidos, Lula tem 57% das intenções e seria reeleito já no primeiro turno.

Ainda assim, o Datafolha voltou a simular o resultado das eleições para um eventual segundo turno. Nesse caso, Lula venceria Alckmin por 55% a 37%, mesmos índices da pesquisa anterior, divulgada no último dia 29.

A aprovação do governo Lula também continua em alta. Para 48% dos entrevistados, a administração federal é ótima ou boa. Outros 33% a consideram regular, enquanto apenas 18% acham que é ruim ou péssima.

O Datafolha ouviu 7.724 eleitores em 349 cidades entre ontem (4) e hoje. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

5 comentários:

jose carlos lima disse...

Noto que o portal UOL/Folha, diante destaca de forma escondida que, mesmo após os ataques de Alckmin contra Lula, este continua subindo. Quando este assunto deveria ser a manchete do dia, o portal tucano prefiriu destacar em letras garrafais que, segundo o TSE, "50 % dos votos nulos não anulam eleição". Pelo jeito, arrrumaram mais um candidato para derrubar: o Doutor Nulo. Que coisa mais esquisita esta nossa imprensa. Ainda não se deram conta de que, se antigamente os cismas ocorriam contra o poderio do Papa, hoje a ruptura é contra os meios de comunicação com toda a tecnologia a seu dispor. Um aparato que, incluido programas de humor, novelas, charges, jornais, rádios, atacam Lula. De um lado os cachorros latem contra Lula. Do outro, o povo defende o nosso querido presidente. Haja coração!!!! Ah, estou em Nova York, no vale do Rio Parnaíba, no Maranhão. Estou de férias. Nova York é Lula de cabo a rabo. O Geraldo está jogado às cobras. É de dar pena.

Joca Mattos disse...

Num país onde os heróis não tem caráter o povo vota em governante ladrão sem o menor constrangimento.
Falta vergonha na cara do povo e muito mais de seus políticos.
Cada um olhando e pensando em seu seu próprio benefício, é lamentavel, eu pelo menos nunca mais voto no PT quebrou a relação de confiança, eu tenho vergonha na cara, eu quero um país melhor sem corrupção entranhada nos mais altos cargos e um presidente conivente, corrupto e cara de pau.

Ricardo disse...

De fato, a relação de confiança foi quebrada, Joca Mattos. 41% de preferência do eleitor na pesquisa espontânea, 51 na estimulada, e a reeleição praticamente assegurada. Acorde! Com Jorge Bornhausen, Arthur Virgílio, Picolé de Chuchu, Roberto Freire - tudo se aposentando este ano - a relação de confiança realmente quebrada foi a da oposição com a população.O seu problema, Joca Mattos, não é falta de confiança, mas de informação qualificada sobre o assunto. Por isso criamos este blog. Para você. Abs e volte sempre.

Joca Mattos disse...

Este país "se" reeleger o Lulla, ele será reeleito por pessoas que limpam a bunda com jornal, e não pelas pessoas que lêem jornal, quem sabe ler não vota em ladrão, mesmo recebendo esmola do dito cujo...

Clarice disse...

na falta de argumentos consistentes, agressões gratuitas e absurdas são as armas dos desesperados!
apelou, perdeu.